Violência em Sapeaçu: Paulo Azi pede mais rigor na legislação penal

Chocado com a morte da mãe do ex-prefeito de Sapeaçu, Tasso Peixoto (DEM), agredida com pauladas por bandidos que invadiram a sua casa na última terça-feira, o deputado Paulo Azi (DEM) chamou a atenção para a urgente necessidade de se fazer uma revisão na legislação penal, que hoje abre brechas para artifícios jurídicos que fazem com que crimes como o que vitimou Malvina Gomes Peixoto, de 79 anos, fiquem impunes. ” É preciso endurecer as penas para acabar com o sentimento de impunidade que gera absurdos como esse, incentivados pela falta de segurança pública e complacência de uma legislação que não pune criminosos com o devido rigor que a sociedade exige”, disse Paulo Azi, lamentando profundamente a morte violenta de Malvina Peixoto, de quem era amigo pessoal.